17.4.09

Tenho tantas perguntas na minha cabeça à espera de respostas que nunca chegam.

Porque é que...? E porquê?

E depois de pensar muito cuidadosamente nas hipóteses, no que deveria ou não fazer, no que está certo ou errado chego sempre à conclusão que vais valia manter o meu cérebro bem quietinho, sem pensar em nada, e eu era mais feliz.

Mas quando me apercebo que continuo sempre na mesma e não consigo estar feliz, sinto-me pior. E deixo de estar na mesma para estar pior, até conseguir secar as lágrimas, voltar a estar na mesma e acabar por pôr o cérebro de novo a funcionar e começar tudo de novo.

Complicado!

 

Perceberam? Eu também não.

 

 

 

 

ponto final.

♥, às 23:35  +

merci beaucoup
x x x x