19.5.09

Tantos sonhos, desejos, vontades reprimidas. Tantos substantivos vazios que se podiam rapidamente transformar em verbos, em acções. Eu sonho, eu desejo, eu quero. Porque é que temos medo de sonhar, medo de viver? Porque é que não fazemos o que queremos, o que nos apetece, o que o nosso coração nos manda? Porque é que temos medo de falar, de agir?

Porquê? Tantos porquês e tão poucas respostas...

 

 

 

ponto final.

♥, às 22:01  +

De innes a 19 de Maio de 2009 às 22:22
é...eu também sinto constantemente que há tantas perguntas para as quais não consigo obter uma resposta :\
mas elas vêm...eu tenho que pensar que sim :P
:D <3

De a 19 de Maio de 2009 às 22:33
é verdade :/
*

De CD a 20 de Maio de 2009 às 12:34
também me pergunto constantemente muitos porquês aos quais não encontro resposta... Parecem os pequeninos e o mundo dos porquês x\


beijinho*

De a 20 de Maio de 2009 às 16:32
é sempre tudo tão complicado! :/

De be-or-notbe-dois a 20 de Maio de 2009 às 14:33
Por vezes pensamos demais nas consequências dos nossos actos, outras vezes, nem pensamos e vagueamos ao sabor dos nossos sonhos, caindo depois de um sonho real, sendo tarde demais para apagar erros cometidos...
Mas a verdade é que se também nao pensarmos nas coisas com a devida importancia cometemos erros, e se pensarmos temos medo...

O ser humano é complexo demais, é dificil de compreender o que quer, o que deseja, o que sonha, deixa apenas oportunidades voarem como o vento...

Beijinho*

De a 20 de Maio de 2009 às 16:34
parece que até trazermos a felicidade a nós mesmos nos custa...

De Kadoschinha a 26 de Maio de 2009 às 01:11
Pensamos demasiado e na altura de fazer algo, ficamos a um canto.
Não sei, também,porque as vezes penso em desistir dos meus sonhos, das minhas coisas...
No entanto, não desisto.
Desistir dos meus sonhos, é morrer em mim, perder-me no infinito.

merci beaucoup
x x x x