26.5.10

Parei no tempo, entre um bafo e outro, e esqueci-me de deixar o coração bater. Perdi-me nos milésimos de segundo, nos quartos de minuto, nas meias horas... esqueci-me de conjugar o presente e o futuro. Esqueci-me do momento, da dor de cabeça, da ferida aberta no coração, do ardor de cada músculo tenso e cansado, como a minha própria vida: tensa e cansada.

 

♥, às 15:16  +

merci beaucoup
x x x x