31.8.10

Muitas vezes já dei por mim a sobreviver em vez de viver realmente. Vou-me arrastando e vou-me queixando de tudo e mais alguma coisa, porque nada corre bem e a vida é madrasta.

 

Mas sabem que mais? Acabou. Acabou mesmo. Se a vida me der uma chapada eu dou-lhe duas e mostro-lhe quem manda aqui. E tenho dito.

 

♥, às 00:37  +

De Filipa a 31 de Agosto de 2010 às 12:14
sim, somos livres na medida que podemos... nunca aquilo que queremos na realidade. mas tambem rara é a pessoa que tem uma vida perfeita nao é. Gosto muito do teu blog !

De a 31 de Agosto de 2010 às 13:58
pois, é isso mesmo. obrigada filipa :)

merci beaucoup
x x x x