12.2.11

às vezes ponho-me a pensar no quanto se ganha ou quanto se perde em cada escolha que tomamos. e ponho-me a pensar no que fica para trás, no que deixamos de fazer e naquilo que fazemos. não é arrependimento, é tentar imaginar o que estaria para lá daquela outra curva, naquele outro caminho, e acreditar que sigo o mais acertado.

 

 

♥, às 13:02  (3) +

31.8.10

Muitas vezes já dei por mim a sobreviver em vez de viver realmente. Vou-me arrastando e vou-me queixando de tudo e mais alguma coisa, porque nada corre bem e a vida é madrasta.

 

Mas sabem que mais? Acabou. Acabou mesmo. Se a vida me der uma chapada eu dou-lhe duas e mostro-lhe quem manda aqui. E tenho dito.

 

♥, às 00:37  (2) +








tagspassadoperfil
merci beaucoup
x x x x